Cinco artistas contribuíram para compor a identidade visual da Concertação em outubro e novembro: CHERMIE FERREIRA, artista plástica descendente do povo Kokama, que busca incorporar sua origem indígena aos seus trabalhos; KAMBÔ, artista visual que mistura cultura tradicional com tecnologia e apresenta em seu trabalho uma imersão pelas diferentes regiões amazônicas; PAULA SAMPAIO, fotojornalista idealizadora do Rotas que retrata este corpo amazônico, com olhar sensível sobre o cotidiano dos trabalhadores que vivem às margens dos grandes projetos de exploração e das estradas da Amazônia; RAKEL CAMINHA, artista cujas criações falam sobre questões sociais, ecológicas e pertinentes ao universo feminino na Amazônia; e RUI MACHADO, pintor, compositor e poeta, que vê na Concertação uma oportunidade do Brasil descobrir o Brasil.