Uma Agenda pelo Desenvolvimento da Amazônia
Uma Concertação Pela Amazônia

Nas próximas páginas são apresentados caminhos para o desenvolvimento da Amazônia partindo de um conjunto de ambições: o aumento da qualidade de vida para a população local, a valorização da dimensão cultural-identitária, o estabelecimento da região como grande removedora líquida de emissões de carbono, o reforço dos incentivos a todas as atividades econômicas (da pecuária extensiva ao extrativismo) que valorizem a floresta em pé, e o resgate e o fortalecimento dos princípios democráticos (especialmente para a sociedade civil, os povos indígenas e as comunidades tradicionais). Entre os caminhos propostos, estão:

  • A articulação entre recursos públicos e privados e conhecimentos em suas diversas naturezas e campos para alcançar multiplicação e escala;
  • A valorização da experiência e dos saberes a partir de uma abordagem sustentada no tripé técnico-científico, sensível e cultural;
  • A cooperação local-global;
  • O reconhecimento da pluralidade e da diversidade amazônica.

Além dos caminhos, é proposto um quadro (framework) que referencia didaticamente a Amazônia a partir de “quatro Amazônias”, com frentes de ações específicas, estruturantes e transversais:

Em termos de ocupação, de uso do solo e de oportunidades econômicas, as frentes de ações específicas, estruturantes e transversais estão orientadas pelos quatro clusters formados por áreas de floresta conservada, áreas de transição, áreas convertidas e cidades. Para que um conjunto de premissas para cada uma das “quatro Amazônias” seja observado, são necessárias ações específicas, agrupadas em seis frentes:

1. Economia
2. Instrumentos fiscais e mecanismos financeiros
3. Ordenamento territorial e regularização fundiária
4. Ciência, tecnologia e inovação 
5. Infraestrutura 
6. Questões indígenas

E para as seis frentes de ações específicas, assim como para as ações estruturantes e transversais, são elencadas ações concretas a partir das propostas e atuações dos integrantes da Uma Concertação pela Amazônia, apresentadas ao final desta publicação. Lado a lado ao engajamento da rede da iniciativa ao longo de 2020 e 2021, as ações concretas compõem a pulsação e o lugar de realização da visão compartilhada de desenvolvimento para a região amazônica.

Boa leitura!