Logo An Amazon Concertation
Artigo externo
Mato Grosso extingue área de conservação na Amazônia (Angela Kuczach)
Na fronteira do Arco do Desmatamento, no município de Alta Floresta, ocorre hoje um dos piores casos de retrocesso ambiental da história recente do Brasil: a extinção do Parque Estadual Cristalino II. O recente veredito do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT), favorecendo a Sociedade Comercial do Triângulo Ltda na disputa em torno da Unidade de Conservação, é um dos mais graves ataques ao meio ambiente da atualidade e levanta sérias preocupações sobre a proteção da biodiversidade na região, comprometendo não apenas essa área, mas todo o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), a Lei que rege as nossas áreas protegidas.
Share on social networks

Na fronteira do Arco do Desmatamento, no município de Alta Floresta, ocorre hoje um dos piores casos de retrocesso ambiental da história recente do Brasil: a extinção do Parque Estadual Cristalino II. O recente veredito do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT), favorecendo a Sociedade Comercial do Triângulo Ltda na disputa em torno da Unidade de Conservação, é um dos mais graves ataques ao meio ambiente da atualidade e levanta sérias preocupações sobre a proteção da biodiversidade na região, comprometendo não apenas essa área, mas todo o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), a Lei que rege as nossas áreas protegidas.

Similar news